Single post

Agente penitenciário no Brasil serve de escudo humano

A média nacional é de sete presos sob responsabilidade de cada agente penitenciário, segundo o Monitor da Violência, projeto do G1 em parceria com o Fórum Nacional da Violência. O correto seria até 5 presos por agente. Porém mais de 60% dos estados violam o recomendado pelo Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. Há prisões em Pernambuco onde há até 20 presos sob responsabilidade de cada agente.

Eles servem como escudo humano, deixados à própria sorte e risco. A falta de estrutura está diretamente ligada ao crescimento do poder e influência das facções e organizações criminosas. Os presídios estão se tornando, cada vez mais, um verdadeiro escritório de recrutamento de novos integrantes.

Quanto mais cresce a população carcerária, mais os agentes penitenciários são agredidos no exercício da profissão. Carcereiros de todo o País reclamam da falta de investimentos e relatam a rotina de medo que acompanha a profissão.

Você aceitaria esse emprego?

Eles sim, mas estão pagando com a vida.